Planos de saúde para médicos: é possível fazer parcerias?

Médicos também ficam doentes, afinal, também são humanos e entram com contado com diversas enfermidades todos os dias. Por isso, também necessitam de um plano de saúde ou assistência médica para que possam se tratar de maneira rápida e eficiente.

Neste texto, você entenderá como funciona o plano de saúde para médicos no Brasil, além de descobrir se é possível fazer parcerias com operadoras para conseguirem opções de cobertura mais acessíveis. Boa leitura!

Como funciona o plano de saúde para médicos no Brasil?

Quando um médico adoece ou precisa de certos tratamentos médicos, ele também pode optar por um plano de saúde. Geralmente, as operadoras de planos oferecem um serviço diferenciado para os profissionais da área de saúde, encaixando-os em um plano especial.

Também é possível escolher se o médico optará por uma cobertura completa ou de convênios específicos. Assim como atuar com planos de saúde é uma ótima opção, adquirir esse serviço para si próprios e familiares é uma maneira mais barata e eficiente de se manter saudável.

Entretanto, esta pode se tornar uma ação complicada, principalmente para quem deseja um plano de saúde individual, já que existem reajustes anuais determinados pelo governo que podem encarecer o serviço.

Nesse caso, é preferível uma apólice de saúde, no qual o reajuste é contado como plano profissional, bem como é determinado um valor personalizado para atender a necessidade e capacidade financeira do cliente.

Os profissionais de saúde também podem recorrer aos chamados planos por adesão, em que vários médicos e profissionais da área se juntam para contratar um plano coletivo, o que resulta no pagamento de parcelas mais baixas e a possibilidade de uma cobertura mais ampla.

Os planos de saúde para médicos podem tanto financiar consultas, exames e cirurgias, como reembolsar de maneira integral o valor gasto pelo médico nesses tratamentos, caso sejam feitos fora de uma clínica parceria.

É importante que o profissional faça uma pesquisa profunda sobre o plano de saúde que contratará, principalmente para conferir a sua reputação e se o valor investido compensa com os benefícios oferecidos.

Para quem atua em uma clínica, poderá ter acesso aos planos de saúde empresariais, em que a adesão é feita por conta do empregador ou sindicato vigente.

Nos planos empresariais, as operadoras não podem fazer reajuste do valor de forma livre, apenas em casos de mudança de faixa etária. O aumento no valor sempre será acordado no momento de confecção do contrato, ocorrendo a aceitação de ambas as partes.

Quando o médico é desligado ou pede demissão da instituição, a empresa poderá fornecer o benefício por um curto período, até que seja encerrado. Após esse tempo, o profissional poderá aderir a um plano por conta própria.

Como escolher um bom plano de saúde para médicos?

O primeiro passo para definir qual o melhor plano de saúde para médicos é definir qual o tipo que melhor se adapta às suas necessidades: ambulatório, hospitalar, referência ou odontológico.

Além disso, também é preciso definir que tipo de plano será contratado: individual ou familiar. Com a segunda opção de plano, é possível expandir os benefícios para parentes e cônjuge, sendo ideal para quem tem algum familiar com algum problema crônico.

Para ajudar a filtrar as operadoras que têm uma boa qualidade de serviço, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) disponibiliza um ranking com os melhores planos de saúde.

Procure na internet e sites de reclamações o que atuais e ex clientes estão dizendo sobre os serviços prestados pela operadora, além de explicar sobre problemas relacionados com o atendimento ou cobertura.

É possível realizar parcerias?

Os médicos cooperados são aqueles que atendem em clínicas ou hospitais em parceria com operadoras de planos de saúde. Eles recebem um valor por consulta e procedimento.

Além disso, alguns médicos optam por contratar o próprio serviço de assistência no qual eles trabalham e, com isso, é possível adquirir descontos nos pagamentos mensais e, em muitos casos, independentemente da sua taxa de produtividade.

Por isso, é importante entrar em contato com o plano de saúde no qual atua e é cliente para entender como funciona o serviço de descontos e benefícios, pois em alguns casos, o desconto chega a até 75% para os médicos conveniados.

É importante ter em mente que a relação entre médicos e planos de saúde não é considerada uma relação de trabalho, mas um modelo de parceria autônoma, por isso é preciso ficar atento para que a relação não se torne abusiva, fazendo o médico ter prejuízos.

Também deve ter atenção ao valor oferecido por consulta de conveniado ao plano. Um valor muito abaixo da média também trará perda de tempo e dinheiro para o profissional, permitindo que ele atue sem convênio com planos, pois terá chance de ter ganhos maiores.

Além da própria consulta, o valor precisa cobrir os gastos relacionados ao período de experiência acadêmica e prática do médico, os equipamentos utilizados, bem como outras despesas como energia, água e materiais descartáveis.

Como deixar o plano de saúde para médicos mais barato?

Outra forma de deixar um plano de saúde mais barato para médicos é fazer a contratação como CNPJ (no caso de profissionais autônomos). Dessa forma, você terá acesso a um plano de saúde empresarial, que tem ofertas que podem chegar a até 40% de economia em relação a outros tipos de planos.

Entretanto, é preciso ficar atento a algumas exigências: é preciso que pelo menos duas pessoas sejam seguradas pelo plano, que pode ser um funcionário ou parentes e conjugue do médico.

Também não é preciso ter uma grande clínica ou hospital para isso: profissionais que se enquadram como MEI podem usufruir desse serviço de forma livre e simplificada.

Assim, entendendo como funcionam os plano de saúde para médicos, além de encontrar formas de tornar esse serviço ainda mais barato, você conseguirá fazer cooperações com operadoras de qualidade e que darão mais possibilidades para cuidar da sua própria saúde.

Mas quando você poderá começar a usufruir de todos esses benefícios? Leia este outro artigo em nosso blog no qual explicamos como funciona o período de carência em planos de saúde.

Aracaju -Se (Plantão de Vendas)

(79) 3211-6940
Rua Itabaiana, nº 652 A - São José.

Aracaju -Se

(79) 3302-0696 | (79) 99692-0009
Rua Zaqueu Brandão, nº 134 - São José
Sydharta Seguros

A Ygor Sydharta Corretora de Seguros Eireli, CNPJ nº 11.215.926/0001-10, atua em estrita observância ao Código de Defesa do Consumidor e à legislação securitária, sendo devidamente registrada na SUSEP sob o nº 10.2030121.9.

© 2017 Sydharta Seguros | Política de Privacidade

A Ygor Sydharta Corretora de Seguros Eireli, CNPJ nº 11.215.926/0001-10, atua em estrita observância ao Código de Defesa do Consumidor e à legislação securitária, sendo devidamente registrada na SUSEP sob o nº 10.2030121.9.

© 2017 Sydharta Seguros
Política de Privacidade

WhatsApp chat